Entenda como o coworking pode ter valor estratégico para crescimento das empresas

O coworking surgiu há alguns anos no Brasil e hoje, há vários espaços compartilhados nas principais capitais. As principais vantagens deste tipo de escritório é a redução de custos e a possibilidade de fazer networking, o que pode ser estratégico para o crescimento das empresas e das startups.

Quem trabalha em casa sabe que, com o tempo, o isolamento pode entediar e a produtividade pode cair. Não ter uma sala para receber os clientes e não conseguir separar a vida profissional da pessoal também são algumas desvantagens de quem faz home office.

Quem viaja muito a trabalho e não quer alugar uma sala de hotel também precisa de um escritório. O espaço de coworking nasceu com este perfil: atender pessoas que precisam de um espaço com toda infraestrutura, como internet, telefone, sala de reuniões, impressora e limpeza.

Está iniciando um negócio, mas não pode investir ou quer reduzir os seus custos? Entenda por que o coworking é uma solução cômoda e barata!

Como é a convivência em um coworking?

O ambiente é muito importante para a nossa criatividade. Se você se sente bem onde trabalha, será mais produtivo.

Trabalhar na própria residência pode ser entediante e cafeterias podem distrair muito pelo barulho excessivo. Embora a internet deixe a sociedade conectada o tempo todo, muitas pessoas se sentem isoladas e solitárias trabalhando em casa.

Ninguém quer ficar sozinho o tempo todo! O coworking é interessante para interagir com os outros, assim novas ideias podem surgir e até novos amigos.

Em um ambiente compartilhado, mais do que nunca, é preciso respeitar o próximo. Quando isso não acontece, certifique-se se o fundador do espaço é presente nessas situações ou quando os funcionários precisam de ajuda. Converse com os funcionários do local e veja se eles gostam do lugar onde trabalham e se o recomendam.

Por que o coworking é colaborativo?

Como o custo é compartilhado, a economia é grande. O profissional pode alugar o espaço por horas, dias, semanas ou ter um plano mensal.

Quem trabalha neste modelo de escritório ressalta que o ambiente também pode ser útil para trocar ideias, conhecer pessoas e até fazer negócios. Numa mesma sala pode ter um designer, na mesa de trás um assessor de imprensa e na mesa ao lado, um consultor financeiro.

É normal que se inicie uma conversa e que se amplie o networking. O ambiente do coworking pode ser muito colaborativo, até mais que um escritório convencional. Afinal, todos estão no mesmo barco e assim, surge uma identificação maior entre os colaboradores.

Como escolher o espaço para coworking?

Além dos custos reduzidos, os recursos humanos também são muito importantes para aumentar a produção e a qualidade do trabalho. O ideal é que o espaço seja perto da sua residência, que tenha TV, wi-fi de alta velocidade e ar-condicionado.

Visite mais de um espaço, veja o perfil das pessoas que trabalham lá. O coworking não é tão formal quanto um escritório e, às vezes, você gosta de um ambiente mais quieto e os profissionais do local gostam de conversar muito.

Embora não seja uma equipe trabalhando junta, o ideal é que o ambiente seja harmonioso. Talvez muitos profissionais jovens trabalhando com advogados mais velhos não seja a melhor combinação, por exemplo.

Conhece algum coworking? Acompanhe o nosso site para ler mais dicas sobre o assunto!



Comentar

WhatsApp chat